Brazilian Journal of Otorhinolaryngology Brazilian Journal of Otorhinolaryngology
Braz J Otorhinolaryngol 2017;83:594-9 DOI: 10.1016/j.bjorlp.2017.03.042
Artigo de revisão
Canine fossa puncture in endoscopic sinus surgery: report of two cases
Punção da fossa canina em cirurgia endoscópica sinusal: relato de dois casos
Federico Sirecia,, , Matteo Nicolottib, Paolo Battagliac, Raffaele Sorrentinob, Paolo Castelnuovoc, Frank Rikki Canevarib
a University of Palermo, Department of Experimental Biomedicine and Clinical Neurosciences (BioNeC), Otorhinolaryngology Section, Palermo, Itália
b SS Antonio Biagio e Cesare Arrigo Hospital, Otorinolaryngology Section, Alessandria, Itália
c University of Insubria, Department of Otorhinolaryngology, Varese, Itália
Recebido 17 Novembro 2016, Aceitaram 01 Março 2017
Resumo
Introdução

A rinossinusite crônica com polipose nasal é uma doença crônica comum que frequentemente afeta o seio maxilar. A cirurgia endoscópica sinusal é o procedimento mais comum para tratar a maioria das lesões do seio maxilar.

Objetivo

Demonstrar o papel da punção da fossa canina durante o procedimento de cirurgia endoscópica sinusal em pacientes com doença grave do seio maxilar.

Método

Apresentamos dois casos em que a punção da fossa canina foi feita como método para obter acesso completo ao antro maxilar.

Resultados

De acordo com nossa experiência, dois casos em 296 cirurgias endoscópicas sinusais (0,6%) nos quais a antrostomia e o uso de microdebridador angular não foram suficientes, a punção da fossa canina foi feita como um método opcional para obter acesso completo ao antro maxilar.

Conclusão

Apesar do advento da cirurgia endoscópica sinusal, os nossos casos apoiam o fato de que a punção da fossa canina é uma técnica minimamente invasiva útil em casos selecionados.

Abstract
Introduction

Chronic rhinosinusitis with nasal polyposis is a common chronic disease that often affects maxillary sinus. Endoscopic sinus surgery is the most common procedure for treating the majority of maxillary sinus lesions.

Objective

To demonstrate the role of canine fossa puncture during endoscopic sinus surgery procedure in patients with severe maxillary sinus disease.

Methods

We present 2 cases where canine fossa puncture has been performed as method to obtain a complete access to the maxillary antrum.

Results

According our experience, 2 cases on 296 endoscopic sinus surgery (0.6%) where antrostomy and used of angled microdebrider were not sufficient, canine fossa puncture has been performed as an alternative method to obtain a complete access to the maxillary antrum.

Conclusion

Although the advent of endoscopic sinus surgery, our cases support the fact that actually canine fossa puncture is a minimally invasive technique useful in selected cases.

Keywords
Canine fossa puncture, Middle meatal antrostomy, Maxillary sinusitis, Angled microdebrider
Palavras‐chave
Punção da fossa canina, Antrostomia meatal média, Sinusite maxilar, Microdebridador angular
Braz J Otorhinolaryngol 2017;83:594-9 DOI: 10.1016/j.bjorlp.2017.03.042