Brazilian Journal of Otorhinolaryngology (English Edition) Brazilian Journal of Otorhinolaryngology (English Edition)
Braz J Otorhinolaryngol 2017;83:3-9 DOI: 10.1016/j.bjorl.2015.12.008
Original article
Immediate effects of an anchor system on the stability limit of individuals with chronic dizziness of peripheral vestibular origin
Efeitos imediatos de um sistema de âncoras no limite de estabilidade de indivíduos com tontura crônica de origem vestibular periférica
Almir Resende Coelhoa,, , Ana Paula do Rego Andreb, Júlia Licursi Lambertti Perobellib, Lilian Shizuka Sonobeb, Daniela Cristina Carvalho de Abreub
a Universidade de São Paulo (FMRP-USP), Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, Programa em Reabilitação e Desempenho Funcional, Ribeirão Preto, SP, Brazil
b Universidade de São Paulo (FMRP-USP), Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, Ribeirão Preto, SP, Brazil
Received 05 October 2015, Accepted 21 December 2015
Abstract
Introduction

The symptoms associated with chronic peripheral vestibulopathy exert a negative impact on the independence and quality of life of these individuals, and many individuals continue to suffer from these symptoms even after conventional vestibular rehabilitation.

Objective

To evaluate the acute effect of an anchor system for balance evaluation of patients with chronic dizziness who failed to respond to traditional vestibular rehabilitation.

Methods

Subjects over 50 years of age, presenting with chronic dizziness and postural instability of peripheral vestibular origin, participated in the study. The limit of stability was evaluated in three positions using the Balance Master® system: Position 1, standing with the arms along the body; Position 2, standing with the elbows bent at 90° (simulating holding the anchors); and Position 3, with the elbows bent at 90° holding the anchors. The variables of movement latency, endpoint excursion and directional control of movement were evaluated.

Results

Using the anchor system, significant reduction of time in the response at the beginning of the movement compared to Position 1 (p<0.05); increased endpoint excursion in the left lateral direction compared to Position 1 (p<0.05); and more directional control of movement in the anterior and posterior directions (p<0.05) compared to the other positions, were found.

Conclusion

While using the system anchor, individuals with chronic peripheral vestibulopathy showed an immediate improvement in the stability limit in relation to the movement latency, endpoint excursion, and directional control of movement variables, suggesting that the haptic information aids postural control.

Resumo
Introdução

Os sintomas associados à vestibulopatia periférica crônica têm impacto negativo na independência e qualidade de vida dos indivíduos, e muitos deles continuam a sofrer desses sintomas, mesmo depois de terem passado pela reabilitação vestibular convencional.

Objetivo

Avaliar o efeito agudo de um sistema de ancoragem para avaliação do equilíbrio de pacientes com tontura crônica que não responderam à reabilitação vestibular tradicional.

Método

Indivíduos com mais de 50 anos que se apresentaram com tontura crônica e instabilidade postural de origem vestibular periférica participaram no estudo. O limite de estabilidade foi avaliado em três posições, com o uso do sistema Balance Master®: Posição 1, de pé com os braços pendentes ao longo do corpo; Posição 2, de pé com os cotovelos flexionados em 90° (simulando a posição de segurar as âncoras); e Posição 3, com os cotovelos flexionados em 90° e segurando as âncoras. Foram avaliadas as variáveis de latência de movimento, ponto final da excursão e controle direcional do movimento.

Resultados

Com o uso do sistema de âncoras, ocorreu redução significante no tempo de resposta no início do movimento em comparação com a Posição 1 (p<0,05); aumento no ponto final da excursão na direção lateral esquerda, em comparação com a Posição 1 (p<0,05); e mais controle direcional do movimento nas direções anterior e posterior (p<0,05), em comparação com as demais posições.

Conclusão

Enquanto usavam o sistema de âncoras, os indivíduos com vestibulopatia periférica demonstraram melhora imediata no limite da estabilidade em relação às variáveis latência de movimento, ponto final da excursão e controle direcional do movimento, sugerindo que a informação háptica auxilia no controle postural.

Keywords
Postural balance, Vestibular diseases, Dizziness, Haptic information
Palavras-chave
Equilíbrio postural, Doenças vestibulares, Tontura, Informação háptica
Braz J Otorhinolaryngol 2017;83:3-9 DOI: 10.1016/j.bjorl.2015.12.008